Dicas e Conselhos

Kit individual das emoções: 10 técnicas para acalmar as crianças

By Abril 5, 2020Abril 27th, 2020No Comments

10 técnicas para acalmar crianças

Em época de quarentena, continuam a ser importantes dicas para uma melhor gestão emocional dos mais pequenos. As 10 técnicas que se seguem poderão ser aplicadas e incluídas nas vossas rotinas diárias.

1. Experimente uma postura invertida.

Durante séculos, os Yogis entenderam o poder calmante de trazer a cabeça abaixo do nível do coração, também conhecido como inversão. Seja curvando-se para tocar os dedos dos pés ou praticando com o suporte de cabeça, inverter o corpo tem um efeito restaurador no sistema nervoso autónomo, que controla a resposta do corpo ao stress.

2. Visualize um lugar calmo.

As pesquisas científicas mostram que a visualização é uma técnica benéfica para reduzir os níveis de stress em várias populações. Peça ao seu filho que feche os olhos e imagine um lugar calmo e pacífico. Em seguida, gentilmente guie-o, lentamente, no sentido de começar a construir uma imagem de como esse lugar se parece, suas características, cheiros e como se sente ao estar lá.

3. Beber água.

A desidratação tem sido associada a uma redução no desempenho mental. Desafie o seu filho a beber uma garrafa de água de 1 litro e meio diariamente e observe o efeito calmante que isso tem no seu sistema nervoso.

4. Cantar alto.

Qualquer um de nós conhece a doce sensação de ser embalado pela sua música favorita. Mas o próprio ato físico de cantar alto, mesmo que esteja fora do tom, demonstrou ser libertador de endorfinas, o químico que no cérebro nos faz. Então, CANTEM!

5. Faça a pose.

Assim como as inversões, também esta pose ajuda a redefinir o sistema nervoso autónomo, a pose de yoga conhecida como Downward Facing Dog. Esta em particular tem o benefício adicional de ativar vários músculos nos braços, pernas e núcleo. Este alongamento ajuda os músculos a começar a queimar a glicemia adicional que é disponibilizada pelo mecanismo de luta ou fuga do corpo.

6. Pintar.

Não só a pintura dá ao cérebro algo para se concentrar (em vez do stressor), mas participar em artes visuais está associado a uma resiliência ao stress, em geral. Se a ideia de usar tintas lhe provoca stress, peça ao seu filho que tente; com creme de barbear, numa cortina de chuveiro de plástico no quintal (por exemplo).

7. Salte à corda.

Defina um temporizador por 2 minutos, coloque alguma música e desafie o seu filho a saltar à corda em sintonia com a batida da música. Se o seu filho não for capaz de saltar à corda, jogar à macaca é uma ótima alternativa.

8. Saltar alto.

Desafie o seu filho/aluno a um concurso de saltos para ver quem pode saltar mais alto, mais longe, mais rápido ou mais lento. Esta é outra ótima maneira de fazer algum exercício para ajudar o seu filho a pausar.

9. Rebentar bolas de sabão.

Assim como soprar num moinho de vento, soprar bolas de sabão pode ajudar o seu filho a ganhar controlo da sua respiração e, por conseguinte, o seu estado mental. Bónus: correr em torno de bolas de sabão é tão divertido quanto soprar.

10. Tomar um banho quente.

Depois de um longo dia de trabalho, não há nada mais relaxante do que um banho de água quente com as luzes apagadas e sem interrupções. O mesmo vale para as crianças. Use o tempo do banho como uma oportunidade de ajudar o seu pequeno a relaxar das atividades do dia. Introduza alguns brinquedos de banho simples e permita que seu filho relaxe durante o tempo que ele precisar.

Bibliografia:
Retirado de “50 técnicas de calma para tentar com crianças” (S/D). Tradução e Adaptação de
Renee Jain, MAPP pelo SPO do AEPSI