Participação no 4º congresso da Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP)

Entre os dias 12 e 15 de Setembro 2018 realizou-se o 4º congresso da OPP na cidade de Braga. Cerca de 1500 psicólogos participaram no evento e partilharam conhecimentos e saberes importantes para a prática profissional em Portugal.

Os Mochinhos da Sabedoria foram representados neste evento através da responsável do projeto e marca, Sandra Costa. Uma vez que os Mochinhos da Sabedoria têm desenvolvido formações e workshops pelo país, com o enfoque na acreditação pela OPP, foi lançado o convite para participar na mesa: "Formação de Qualidade, Prática de Excelência: a Perspectiva dos Grupos Informais". A troca de experiências e opiniões com os outros colegas psicólogos, bem como o público foi deveras muito rico. Os aspetos discutidos foram:

  • Reflectir sobre a importância da formação de qualidade para a prática profissional
  • Uma radiografia à oferta formativa (base e pós-graduada) para os psicólogos
  • Que importância consideram ter a formação não formal entre os grupos informais de psicólogos?
  • O papel que os psicólogos podem ter na formação de qualidade, que responda às suas necessidades de desenvolvimento profissional
  • O que vos levou a trazer oferta formativa fora da oferta existente nas entidades formativas?
  • Quais os desafios que os psicólogos encontra quando procura formação adequada às suas necessidades?
  • Falando de formação de qualidade e de acesso "mais democrático" à formação e ao conhecimento. Gostaria de colocar à reflexão as modalidades formativas e-learning e b-learning?
  • E a formação em contexto de trabalho? Consideram que a formação realizada num processo de acolhimento, por exemplo, deve ser reconhecida e acreditada?
  • Porque submeteram à acreditação da OPP a vossa acção formativa.
  • Qua mais valias vêm/viram nesta acreditação.
  • Quais são os próximos Acções de formação? 

Enquanto psicóloga e responsável do projeto "Mochinhos da Sabedoria", penso que é fundamental refletirmos nestas questões e impulsionarmos outros colegas a realizarem a acreditação "dos seus saberes" de forma organizada e científica. Deixo o meu agradecimento à Ordem do Psicólogos Portugueses (OPP) que mais uma vez faz um trabalho excelente permitindo este serviço aos seus membros. A orientação ao longo do processo de acreditação por parte da OPP é fundamental e permite enriquecer a qualidade do serviço que será prestado posteriormente na formação.

Um agradecimento especial à moderação da mesa e aos colegas que participaram: Pedro Félix, Ariel Milton, Tiago Lopes Lino, Teresa Bastos, Maria Glória Valle, Mónica Lemos e Maria João Caria,