A pesquisa da rede europeia EU Kids Online (2020) é um projeto que iniciou em 2006 com um grupo de 33 investigadores. Em Portugal, a equipa da Universidade Nova de Lisboa investigou cerca de 2000 alunos com um inquérito (período entre 2015-2018) que tinha como objetivos nomeadamente comparar o presente e o passado, de modo a assinalar mudanças relevantes nos hábitos online de crianças e jovens, bem como de realizar comparações europeias. Verifica-se que na Europa, a maior das crianças e jovens usa o smartphone para se ligar à internet diariamente, o que evidencia um aumento do uso do smartphone no acesso à rede global comparativamente a dados de um estudo semelhante realizado em 2010. 

De acordo com Ponte e Batista (2019) destacam-se os seguintes resultados que descrevem o uso da internet por esta faixa etária dos 9 aos 17 anos de idade: 

“Com que frequência estás online ou usas a Internet?”

% dos que usam todos os dias

Smartphone/telemóvel Portátil/

Computador de mesa

Tablet
9- 10 anos 57% 22% 36%
11-12 anos 83% 34% 28%
13- 14 anos 94% 46% 25%
15-17 anos 95% 49% 17%

“Quanto tempo usas a internet?”

Tempo médio estimado passado na Internet por dia, em horas

Raparigas

3,1

Rapazes 

3,3

 

9- 10 anos 1,8
11-12 anos 2,5
13- 14 anos 3,6
15-17 anos 4

 

“Com que frequência fizeste online as seguintes atividade nos últimos meses?

% dos que realizam a atividade diariamente

2014 2018
Ver vídeos 50% 78%
Entrar em redes sociais 50% 73%
Ouvir música na internet 52% 80%
Usar a Internet para os trabalhos escolares 21% 27%
Ler ou procurar notícias online 10% 27%

 

“Usam diariamente as redes sociais?”

2014 2018
9- 10 anos 11% 27%
11-12 anos 38% 65%
13- 14 anos 60% 81%
15-17 anos 80% 89%

 

“Até que ponto concordas com as seguintes afirmações?”

% dos que “concordam” e “comcordam toralmente”

Penso que posso confiar na maior parte das notícias que escolho ver ou ler 32%
Penso que se pode confiar na maior parte das notícias 26%
Os meios noticiosos (por exemplo, televisão, rádio ou jornais) são bons porque me ajudam a distinguir a realidade da fição 53%
As redes sociais (por exemplo, Facebook, Twitter, Snapchat, Instagram) são bons porque me ajudam a distinguir a realidade da ficção 28%

 

Referências Bibliográficas:

Ponte, C., & Batista, S. (2019). Usos, competências, riscos e mediações da internet resportados por crianças e jovens (9-17 anos). http://fabricadesites.fcsh.unl.pt/eukidsonline/wp-content/uploads/sites/36/2019/03/RELATO%CC%81RIO-FINAL-EU-KIDS-ONLINE.docx.pdf

 

 

Portes Grátis
em toda a Loja Online!

É mesmo verdade! Todas as tuas encomendas serão de transporte gratuito!

+ 5% Desconto na tua 1ª Compra!

Compra Agora